quarta-feira, abril 25, 2007

Abril


Não há água que chegue para regar o regime viciado, parasitário e corrupto deste país.
Ordinariamente todos os ministros são inteligentes, escrevem bem, discursam com cortesia e pura dicção, vão a faustosas inaugurações e são excelentes convivas.
Porém, são nulos a resolver crises.
Não têm a austeridade, nem a concepção, nem o instinto político, nem a experiência que faz o estadista.
É assim que há muito tempo em Portugal são regidos os destinos políticos.
Política de acaso, política de compadrio, política de expediente.
País governado ao acaso, governado por vaidades e por interesses, por especulação e corrupção, por privilégio e influência de camarilha”
Eça de Queiroz, 1867

4 Comments:

Blogger luikki said...

a choldra não mudou...nem mudará!

9:38 PM  
Anonymous Anônimo said...

O Eça usava umas lunetas que davam para ler ao pé e ao longe....

12:10 AM  
Anonymous Anônimo said...

Será que nós somos mesmo assim...?

Isto é congénito e já não irá passar...não acham ???!!!

12:12 AM  
Anonymous Anônimo said...

Caramba os cravos murcharam todos....e será por falta de água ...ou por água a mais....???

12:13 AM  

Postar um comentário

<< Home