quarta-feira, maio 24, 2006

prós e contras


Um Carrilho arrogante, vaidoso e mimado, um Emídio Rangel no papel de virgem arrependida, um Pacheco Pereira, comedido, cauteloso e calculista, um Ricardo Costa atrevido e sem papas na língua debateram, não o livro de Carrilho, e ainda bem porque do livro pouco haverá a retirar mas, como caso central, o famoso não aperto de mão a Carmona Rodrigues e suas consequências politicas.
Veio ao de cima naturalmente, o mau carácter e a má educação de Carrilho, o oportunismo de Rangel e o calculismo de Pacheco Pereira, não restando ocasião para qualquer discussão sensata sobre o universo da comunicação social em Portugal.
Entretanto, ficámos a saber que os dinheiros dos nossos impostos também servem para o governo pagar a empresas publicitárias que promovem o novo aeroporto da OTA e sabe-se lá mais o quê, (não basta sermos contra, ainda temos de pagar para nos convencerem do contrário).
Em resumo e depois desta troca de galhardetes: Você é, a partir de hoje, o rosto da vergonha do jornalismo português! Resposta, como você é o rosto da derrota eleitoral… será que Carrilho apertou a mão a Ricardo Costa após o final do debate?

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Julgo que não! Mas para que serviria apertar a mão. O que é preciso é passar pela feira do livro! A RTP essa sim está de parabéns pelos relevantes serviços à causa da democracia e liberdade de informação.
Já sei quando publicar o meu livro sobre as causas do desepero em Portugal, tenho debate assegurado, em hora de pronto a vestir ...oh perdão, em hora de "prime time"

8:30 PM  
Anonymous Anônimo said...

Great site lots of usefull infomation here.
»

4:09 PM  
Anonymous Anônimo said...

Super color scheme, I like it! Good job. Go on.
»

12:03 PM  
Anonymous Anônimo said...

I find some information here.

8:52 AM  

Postar um comentário

<< Home