quinta-feira, setembro 13, 2007

A pretexto do terrorismo


Vamos passar a ter os telefones vigiados, medida proposta e aprovada pelo governo do partido socialista, o tal partido “pai das liberdades”. O mesmo partido que se mostra tão preocupado com a publicação das escutas telefónicas em processos judiciais a decorrer, ao ponto de aprovar recentemente a proibição de publicação dessas escutas mesmo que já se não encontrem em segredo de justiça.

"Os registos de tráfego das chamadas telefónicas e das mensagens de e-mail dos portugueses vão em breve passar a ser guardados durante um ano. O ministro da Justiça, Alberto Costa, disse ontem que a proposta de lei já deu entrada na Assembleia da República, devendo ser aprovada “nas próximas semanas”. (cm)

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Os "capangas " do antigamente eram uns anjolas.....o que vale é que eram fachos....se não fossem...... imagine.....


....sabe essa de ir para Paris....percebo porquê.....lá é que é ( era ) bom......

Pois não.....


Um abraço democrata e amante das liberdades.

12:21 PM  
Blogger Raposa Velha said...

E as cartas? Vai alguém passar a fotocopiar a nossa correspondência e a fazer um arquivo?

Queimar isto tudo ao fim dum ano é capaz de comprometer os objectivos de Quito...

1:02 AM  
Anonymous Anônimo said...

Estamos numa era da falta de ar....por isso gostava de ouvir os grandes defensores da liberdade.....falar e fazer qualquer coisita....

De marretas já nós estamos fartos....


...ou será que ser livre é andar à tona da água....de barriga para cima....sempre com o nariz de fora....?!

7:41 PM  
Anonymous Anônimo said...

Se estas medidas fossem tomadas durante um governo PSD caía o Carmo e a Trindade.

2:31 PM  

Postar um comentário

<< Home