quinta-feira, junho 29, 2006

classe politica


Recupero um comentário de um visitante deste blog a um post “os sinais que não nos largam” de 21.06.06 e que merece toda a divulgação possível.
Ora vejam lá:D.Notícias´, de 27.6.2006, pág 6...O Ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Pedro Silva Pereira, nomeou a filha do ex-Presidente da República Jorge Sampaio "para exercer as funções de adjunta " do seu gabinete. De acordo com o Diário da República de ontem, a nomeação de Vera Ritta Branco Sampaio, assinada pelo ministro a 20 de Abril, produz efeitos a partir de 01 de Abril passado".
Claro que são oportunidades que se dão aos recém-licenciados no âmbito da política de contenção de admissões no Estado.
Nomeações destas acontecem todos os dias, sem qualquer incómodo de quem as pratica, mas revelam sem dúvida, o grau de degradação a que chegou a “nossa democracia”.

3 Comments:

Anonymous Anônimo said...

A Nomenklatura que pulula no Estado e nas empresas públicas faz-nos pensar na ex-URSS...

Os " miúdos " têm que trabalhar, não é???

3:12 PM  
Blogger luikki said...

começa ser necessário um enorme esforço para chamar a isto democracia!

6:30 PM  
Anonymous Anônimo said...

E viva a marca....é vê-los : Mercedes SL qualquer coisa, BMs 7 e tal para cima, Audis...blindados, é um espectáculo a nossa autoestrada: São só bólides....mas donde vem este dinheiro ? Ah....sim....sim devem ser funcionários públicos e trabalhadores da GM !

Aliás é por isso que o Governador do Banco Europeu, passou cá por Lisboa e a única coisa que disse foi que os níveis salarias , em Portugal devem baixar.

E viva a construção civil!!!! Enquanto houver terrenos....

9:53 PM  

Postar um comentário

<< Home