quinta-feira, julho 13, 2006

era só o que nos faltava...


Depois de uma postura presidencial inicial de máxima descrição, alheia a qualquer polémica, aparecendo apenas para posar na fotografia, do tipo Rainha de Inglaterra, eis que o Presidente vestindo as roupagens de missionário franciscano se lança em percorrer o País clamando pelas dádivas dos mais abonados em favor dos pobrezinhos. Em romaria lá foram os poderosos a Belém oferecer algumas esmolas.
Com o País em crise generalizada, com os problemas económicos a agravarem-se sem que o governo dê resposta aceitável para os mesmos, com os conflitos sociais cada vez mais agudos e frequentes, com um cada vez maior numero de desempregados, com os problemas da educação a agravarem-se face a uma politica ministerial desajustada e sem estratégia, com os cuidados de saúde mais caros e reduzidos, com uma justiça mais ineficaz que nunca, com impostos a subirem e benefícios sociais em redução, com a demagogia dos governantes e com uma Comunicação Social incompetente, vendida e deslumbrada pelas intervenções provocatórias do primeiro-ministro, com tudo isto, Cavaco Silva olha para o lado e dedica-se à prática da caridadezinha.
Cavaco Silva deveria compreender que os cidadãos deste País estão deveras irritados com este governo que gira em roda livre, deslumbrado com a verborreia das suas próprias palavras, arrogante e provocatório nas acções que toma, inconsequente na resolução do défice e da crise económica em que o País se encontra mergulhado. A situação de crise e instabilidade a que o País chegou é tão grave que um Presidente da Republica não poderá alhear-se dela mesmo que com tal conduta se altere a sua estratégia para a conquista de um segundo mandato. A estratégia da conquista de um segundo mandato presidencial não deve nem pode colocar-se à frente dos problemas e das dificuldades do País.

8 Comments:

Anonymous José said...

Olá.....

Parece que tem alguma razão, caro Blogger.

Só nos faltava um franciscano para levar adiante a política da inclusão (...ia a dizer implosão....)

E que se desenganem as forças que podem sentir-se limitadas por terem apoiado o franciscano.

É que a partir da eleição os caminhos são diferentes...ou melhor.... cada um tem o seu papel.... e ninguém deve esperar por ninguém.

O partido deve assumir o seu papel de oposição sem limites ou receios sob pena de graves prejuízos para o Pais.

8:48 PM  
Anonymous Anônimo said...

E a lata do Sócrates a dizer que aprende com o Sr. presidente da República!

11:23 PM  
Anonymous Anônimo said...

O Sócrates é um bom vendedor da banha da cobra....

Só que não dá nada ....só sabe tirar....é um mal disposto!!!

E agora cola-se ao Presidente,não tenhamos dúvidas...e o PSD não tem de esperar por ninguém para fazer oposição.

1:01 AM  
Anonymous Anônimo said...

E afinal o TGV vai... ou não vai...

3:03 PM  
Anonymous Anônimo said...

Cá para mim acho que estão bem um para o outro -- acho até que são a imagem da nossa classe política ministreavel. Quanto a Cavaco é bom não esquecer que o George pai, que é com quem diz, os Georges, esteve na sua tomada de "posse". E o George não é bem o rapaz do povo que chega a Presidente.

12:17 AM  
Anonymous José said...

Tem água no bico esta do George...mas é verdade.

A propósito de Cavaco não concordo nada com Marcelo que na RTP a propósito da Procriação Medica Assistida ( PMA ) diz ser Cavaco um atirador ora à esquerda ...ora à direita ( próxima promulgação da lei das quotas).

Eu é que ainda não percebi o que faz correr tanto Cavaco...e tão pouquinho M Mendes .
Quanto ao PS creio que estará expectante! Claro que nunca acordará demasiado ...valha-nos isso!

12:54 PM  
Anonymous Anônimo said...

O que faz correr o Franciscano ?....

8:07 PM  
Anonymous Anônimo said...

That's a great story. Waiting for more. Trucks 2b rental asian thumbs warning enter Ally3a adult videos http://www.clomid-directions.info/Farmbureauinsuranceofarkansas.html Discrete cialis Big nipple boobs

5:21 PM  

Postar um comentário

<< Home