quarta-feira, julho 12, 2006

"indicadores positivos"...

A General Motors vai encerrar a fábrica da Azambuja no final de Dezembro e transferir a produção do modelo Combo para a unidade de Saragoça, em Espanha.

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

E a Comissão da UE diz que nao vai intervir porque se trata de uma decisão empresarial....

Está bem!!!

E quando é que chegaremos à altura em que os Países terão que se defender ...não das nultinacionais mas do que está por detrás delas....

Então não é visível um novo modelo ...seja o que for....modo de organização....diferente em que os Estados deixam que os seus cidadãos morram à fome sem nada poderem fazer....

E a UE encara isto "à moda antiga " num conceito de mercado que não tem nada a ver com a actualidade?!

Ou será que tudo isto acaba em revolução nas ruas e então se fixarão os novos conceitos....depois de todos os teóricos terem refletido sobre tudo sem nada fazerem?

E um espaço europeu enorme....onde tudo é mercado aberto onde alguns operadores fazem o que querem!

Uma unidade industrial não pode criar miséria em Portugal e instalar-se como se nada fosse em Espanha. A UE deve assumir uma posição europeia .

O que aconteceria se a UE criasse condições para a GM sair da Europa?

O que mais há é fábricas de automóveis.

E lá chegaremos....

11:04 PM  
Anonymous João said...

Lição a tirar: A globalização neoliberal é assim mesmo. Se calhar pensava-se que eles (incluindo os vendidos de cá) só faziam isso aos preto de qualquer cor). Testão é testã.E depois, ao fim e ao cabo, os nossos Andeiros até devem estar contentes, quando sairem do governo vão para as administrações das empresas espanholas, onde, de resto, já muitos ex se encaixaram.

11:13 PM  
Anonymous Joao II said...

Esqueci-me. A GM tem cá um medo do nosso ministro que só Deus sabe. Tewm o mesmo medo que o Sr. Bill, da Microsoft,tem da UE e dos seus tribunais.

11:21 PM  
Anonymous José said...

É que o Governo e o Ministro só batem nos fracos .....funcionários públicos....médicos e juizes...desempregados e doentes .....excluídos nas bichas para as senhas nos centros de saúde...trabalhadores....em iminência de desemprego....são só estes que o Governo ataca!

Quanto à GM, aí calma que ninguém toca!

Resolve-se tudo com supranumerários e coisas do género....

8:03 PM  

Postar um comentário

<< Home