quinta-feira, outubro 15, 2009

Quem se mete com o PS leva

6 Comments:

Blogger JotaB said...

A prepotência e nepotismo dos nossos autarcas atingiu níveis insuportáveis e inimagináveis.

Impera a lei do compadrio.

Urge encontrar mecanismos de transparência, de controlo e de responsabilização.

Os autarcas têm que deixar de ver o município como a sua coutada privada.

7:27 PM  
Blogger ruy said...

Tem toda a razão JotaB,
abraço,
ruy

9:03 PM  
Blogger JotaB said...

Caro Ruy

Sei que lamenta, tanto como eu,termos razão.
Ficaríamos muito mais felizes, se não passássemos de "pobres" Dom Quixotes a lutar contra imaginários SACANAS!
Mas, os nossos "moinhos de vento" são muito mais reais do que os imaginados pelo personagem de Cervantes.

Um abraço.

11:57 PM  
Anonymous Anônimo said...

Isto é só uma pequena amostra do que se passa em Tarouca, ainda bem que finalmente algém começou a denunciar.

11:00 AM  
Anonymous Anônimo said...

O Tonito era um anjola....vou mas é pedir pela sua alma....

11:22 PM  
Anonymous Anônimo said...

Tem existido muitos outros casos( sempre a pretexto da puuura coincidência) que são, por causa do medo generalizado de represálias contra as testemunhas, um hipócrita «tabu».No entanto hoje já existe o crime de assédio moral donde os direitos individuais estão mais defendidos pelo que os Tribunais tem centenas de queixas.
Foi conhecido há muitos anos o caso de uma famosa Câmara da área de LIsboa, onde ex-dirigentes, incómodos, foram reinstalados no sótão, na sala de espera, na cave,no corredor,na bancada geral ou simplesmente para a rua. E tendo de desempenhar tarefas curricularmente desvalorizantes, submetidos a inqualificados e politiqueiros,recém promovidos a chefia,via clientelismo político,sendo que um deles foi um famoso perseguidor! Resultando também programados conflitos de competencia...
Só um dos ex-dirigentes reagiu com acções temerárias, que chamaram a atenção dos incautos(?) autarcas para as acções dos seus, zelosos colaboradores, mas foi alvo, claro, das invejas de alguns dos seus acomodados colegas.Destes, uns ficaram, mas a maioria saiu.Um dos que ficou acomodou-se «dignamente»,engolindo sapos,á espera que passasse...
O próprio assessor do Primeiro Ministro e um deputado estiveram a informar-se sobre o assunto, mas nada poderam fazer:«os vereadores são eleitos pelo Povo»!
Quando do fim do mandato,muitos dos dantes zelosos e persecutórios colaboradores e assessores tinham já caído em desgraça e foram corridos...
Aliás na História portuguesa,´sempre que houve mudanças radicais de situação política e de interesses grupais, as perseguições explodiram violentamente:foi a «viradeira» quando da queda de Pombal,foi quando da ascenção e na queda do rei D.Miguel( este até executou os cavalos por culpa em conspiração!).E foi quando: da implantação da República,do Sidonismo, da ditadura salazarista,no gonçalvismo, etc...

VL

11:12 PM  

Postar um comentário

<< Home