quarta-feira, março 21, 2007

A redução do Défice à custa do sacrifício dos portugueses


Uma redução do Défice, que se situa agora nos 3,9% do PIB, obtida à custa do atrofiamento do desenvolvimento económico nacional, dos partos nas ambulâncias, da degradação do Serviço Nacional de Saúde, do agravamento das condições sociais dos deficientes, dos idosos, dos reformados, dos funcionários públicos e de um modo geral de toda a população portuguesas, do encerramento de escolas, hospitais, consulados e dos cortes no Investimento Público, não deveria merecer os elogios, a concordância ou mesmo a aceitação das entidades patronais, dos comentadores oficiais da comunicação social ou, pasme-se, dos próprios partidos da oposição.

A redução do Défice só merecerá elogios quando essa redução for obtida à custa do emagrecimento do monstro que desde 2001 devora, de modo insaciável, os dinheiros públicos. Na verdade, herdámos desde aquele ano um défice crónico de cerca de 3% do PIB, que não sendo justificado por quaisquer melhorias nos serviços públicos, se torna necessário extinguir. Este défice crónico, apelidado e bem pelo “monstro” das finanças portuguesas, vive no seio das despesas públicas correntes e, todos os anos, incompreensivelmente, vem engordando mais um pouco. A eficácia do combate ao défice por parte de qualquer governo deverá medir-se, não por uma redução obtida através do aumento de impostos e redução das condições sociais dos cidadãos mas, pelo efectivo emagrecimento deste absurdo monstro.

Acontece que com a gestão do governo do senhor Sócrates, novamente este monstro voltou a engordar. As Despesas Correntes aumentaram 3,2% relativamente a 2005, as Despesas Correntes Primárias 2,4% e a Despesas Totais fruto de uma quebra de 7,4% nas Despesas de Investimento situaram-se num aumento de 2,4%. (Dados da DGO).

O governo merece ser censurado por continuar a ser incapaz de combater o “monstro” e obter em 2006 uma redução do défice à custa do sacrifício dos portugueses. É um governo que segue a lógica despesista dos anteriores governos só que mais cruel e desumano para com os seus servos.

5 Comments:

Blogger brunoalves said...

Concordo. Uma redução do défice sustentável só poderá ser obtida com a redução do monstro.

9:03 PM  
Anonymous Anônimo said...

O tipo torceu-nos o pescoço de tal ordem que até nem sei como é que ainda passa uma nesga de ar para respirar !!!!!

Desgraçado...que está tudo de rastos.

Não se morreu da doença mas vamos desta para melhor por causa da cura ....( se é que é cura...)

12:06 AM  
Blogger Zheng junxai5 said...

zhengjx20160718
cheap jordans
adidas wings
adidas superstar trainers
toms wedges
michael kors outlet clearance
coach factory outlet online
louis vuitton
kobe 8
coach outlet
louis vuitton outlet
christian louboutin wedges
michael kors outlet clearance
ray ban outlet
air jordan shoes
tods sale
true religion outlet online
coach outlet
kate spade outlet
adidas running shoes
ghd flat iron
rolex watches
nike roshe run
polo ralph lauren
louis vuitton handbags
coach outlet
nike blazers uk
oakley sunglasses
air jordan femme
retro jordans 13
michael kors outlet
adidas superstar shoes
michael kors outlet online
coach outlet store online clearances
adidas originals store
oakley outlet
ray bans
coach outlet store online clearances
coach outlet clearance
michael kors outlet online
tory burch outlet

3:51 AM  
Blogger dada24 Xu said...

cheap air max
louboutin outlet
kobe bryant shoes
canada goose outlet
nike air force
ugg boots outlet
red bottom shoes
wireless beats headphones
moncler coats
birkenstock outlet
zhi20170111

1:14 AM  
Anonymous Pengobatan Herbal Jantung Bengkak said...

Any disease will surely recover, if we want businesses seek treatment :)

Obat Dermatitis Statis
Cara Ampuh Menyembuhkan Kaligata
Khasiat Lidah Buaya Untuk Keloid Di Kulit Tubuh
Cara Ampuh Menyembuhkan Penyakit Muntaber
Cara Mujarab Mengobati Dermatomiositis
Obat Herbal Mimisan Menahun

8:41 AM  

Postar um comentário

<< Home