quarta-feira, setembro 04, 2013

"Não estar em seu juizo perfeito"

Diz Passos Coelho, que nenhum governante em seu juízo perfeito pretende o empobrecimento do país, voltando à estafada argumentação de que os portugueses “viveram acima das suas possibilidades”.
A argumentação de Passos Coelho é falsa e falaciosa.
Em primeiro lugar, é falso que o país se endividou ao longo dos anos. Ao contrário, a dívida pública portuguesa manteve-se mais ou menos estável ao longo dos anos, na ordem dos 60% do PIB, que é o valor recomendado pela União Europeia, longe da abrupta aceleração que teve a partir de 2008. Assim, em 1990 a dívida pública era de 51,3% do PIB; em 2000 de 52,0%; em 2005 de 67,7%; em 2006 de 69,4%; em 2007 de 68,4%; em 2008 de 71,7%; em 2009 de 83,2%; em 2010 de 93,5%; em 2011 de 108,1%; em 2012 de 123,5%; e em 2013 já vai em 134,4%.
Verifica-se então que a dívida pública só começou a disparar a partir de 2007/2008. Precisamente com o início da crise financeira internacional, com a crise da banca internacional. Não parece que os portugueses sejam responsáveis pela crise financeira dos subprimes e pelos activos tóxicos com que a banca americana inundou o mundo financeiro provocando uma profunda crise de liquidez dos bancos.
Por outro lado é fácil verificar que foi nestes dois anos de governação Passos Coelho que o país se endividou mais, cerca de 35% em apenas dois anos (tomou posse em Junho de 2011). O país endividou-se mais nestes dois últimos anos de governação de Passos Coelho do que em todo o período de 1981 até 2007 (em 1981 era de 36,3%; em 2007 de 68,4%, pelo que a diferença é de 32,1%, inferior aos 35% conseguido pelo governo nestes dois últimos dois anos).
Em 26 anos o país endividou-se menos que nestes dois últimos anos de governação de Passos Coelho.
É preciso de facto “não estar em seu juízo perfeito” para este governante insistir nesta argumentação do “viver acima das suas possibilidades”.

Em segundo lugar é falso que Portugal não criou riqueza ao longo dos anos limitando-se a endividar-se, como diz Passos Coelho. Na verdade, o PIB (a preços constantes, base 2006,) era em 1981 de 80.358 milhões de euros, passando em 1990 para 112.346 milhões euros, e não parando de crescer, atingiu em 2007 os 164. 660 milhões de euros.
Em 26 anos, de 1981 a 2007 Portugal mais que duplicou a sua riqueza. Ouvir um governante dizer que Portugal se limitou ao longo dos anos a contrair dívida é perfeitamente escandaloso.
É com a governação de Passos Coelho que Portugal efetivamente regrediu. O país endividou-se e criou menos riqueza que nos anos anteriores. Passou de um valor do PIB da ordem dos 161.600 milhões de euros em Junho de 2011 para 155.399 milhões euros no final de 2012 e novamente se prevê uma recessão em 2013, atirando o PIB para perto dos 150.000 milhões de euros.
Isto significa, que em pouco mais de dois anos da governação de Passos Coelho, a riqueza criada no país regrediu, diminuindo cerca de 10.000 milhões de de euros. É obra.
Inculpar terceiros, pelos seus erros tão evidentes, clamorosos e irrefutáveis, só demonstra que o governante não estará de facto “em seu juízo perfeito”.

19 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Boa análise....

10:41 PM  
Anonymous Anônimo said...

Ainda sobre os despedimentos ...e tal e coisa...etc....há quem diga que agora sempre se poderá ir dizer à Troika...." não me bata que a culpa é do Tribunal Constitucional "....

Se assim é...boa malha...!!!esperteza de coelho....

10:43 PM  
Anonymous Anônimo said...

Também há quem diga que se a lei fosse aprovada....a situação era igual à do bicho que fica um ano na engorda para...vai desta para melhor....

10:45 PM  
Anonymous Anônimo said...

E esta de se afirmar ...mesmo por escrito ...que o cheque da Troika está dependente do Tribunal Constitucional....!!!????

Ah...valente!!!!..é assim mesmo...!!!??

7:44 PM  
Blogger O carteira vazia said...

Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado!

http://ocarteiravazia.blogspot.com/

10:20 PM  
Anonymous Anônimo said...

Lá isso é verdade...é preciso é poupar ...

Nunca se sabe se a Troika....,em passinhos de lã....ainda vai precisar de nos ir buscar as poupanças...

12:22 PM  
Anonymous Anônimo said...

Dizem as televisões que não têm meios para a cobertura da campanha eleitoral para as autárquicas....

..Estou mesmo a ver que a Troika não tarda ainda vem aí revogar a Lei....

11:01 AM  
Anonymous Anônimo said...

Ou então...não se cumpre a lei e vai daí ..." critérios editoriais "....

....CLARO!!....

Será que já chegàmos ao Saará...???

11:03 AM  
Anonymous Anônimo said...

Parece que as televisões não têm capacidade para cumprir a Lei....dizem as TVs...


Caro Blogger...

...se você não tiver capacidade para fazer a inspecção do seu carrito....o melhor é deixá-lo na garagem... bem fechada...!

11:10 AM  
Anonymous Anônimo said...


Oh!..Oh!...e esta agora de a Administração da RTP passar a ser nomeada por uma comissão independente ??

...logo nesta altura em que andamos nos cortes na Administração Pública...porque o Estado não tem dinheiro nem para pagar as reformas dos aposentados...é que vamos criar mais uma Comissão prá´í dalgumas doze ou vinte pessoas...muito independentes....indicadas pelo Governo...ou pela AR...que é o costume...???

ou será que...tudo não passa de uma fase....pois...

...como brevemente já não haverá mais dinheiro para a independência...será altura de acabar de vez com a dita...???

3:08 PM  
Anonymous Anônimo said...


Do Jornal "I" de hoje, 10Set13..." CTT querem licença para a criação de um banco postal antes da privatização..."

Pois...ora mas quem é que quereria comprar estampas e caixas de correio...??

3:16 PM  
Anonymous Anônimo said...

Só há um caminho...DEMISSÃO...

11:40 PM  
Anonymous Anônimo said...


Estou a ouvir na rádio um costumeiro "artista " da Banca a falar sobre os cortes das reformas ....e sobre o Tribunal Constitucional...que tem de interpretar a Constituição de acordo com a miséria actual...e tal e coisa...etc....tudo à vontade da caixa....e que tem que ser....e não sei quê....

.....mas então este Tavares de certeza que ainda não se reformou...???

.....e ainda por cima ele não vai ter cortes....claro....!!!

11:27 AM  
Anonymous Anônimo said...

Mas....o que é que a malta está a fazer no Euro...??

11:27 AM  
Anonymous Anônimo said...

O Seguro já disse que se fôr governo...revoga a medida...

Ora...cá por mim...não concordo nada com os cortes....

...bom....só me falta saber é se o Seguro devolve os descontos entretanto feitos....

11:30 AM  
Anonymous Anônimo said...

A forma como é apresentada a requalificação dos funcionários que vão para a mobilidade...e depois ficam na disponibilidade com 40% do vencimento para toda a vida...qual olimpo celeste...olhados por todos os colegas na repartição....faz lembrar ...em outros tempos...lá pela centro europeu....( não escrevo mais.!!!..)

11:41 AM  
Anonymous Anônimo said...

Caro Blogger....pretende-se agora recalcular as pensões dos funcionário públicos...com efeitos retroactivos....com absoluto e total desrespeito pela situação criada e pelos critérios em vigor à data da reforma....dos funcionários....

Será que ainda vão pedir aos herdeiros a devolução das pensões recebidas pelos entretanto falecidos...???

Parece que sim ...pois até os subsídios de sobrevivência serão afectados ...e de quais herdeiros.....? ..( ..em geral viúvas e filhos desprotegidos....que por cá ficaram...sem recursos e carregados de dívidas...!!!

...não tarda estamos a rever contratos ou despachos do Estado celebrados há cinquenta ou cem anos ou mais ainda...

ALGUÉM TEM DE TOMAR CONTA DESTE PAÍS...!!!..

Nunca ouvi tal coisa neste País ...

E.... mais .....mesmo que tal coisa seja constitucional...não está com certeza na cabeça de gente de boa fé ...que são os Portugueses...!!!

12:01 AM  
Blogger Carlos Sério said...

Na verdade o governo está de rédea solta. E Cavaco a mirar as estrelas lá pela coelha.
Isto ainda vai acabar mal.

10:26 PM  
Anonymous Anônimo said...

Como se sabe o Governo prepara-se para cortar as pensões dos reformados do Estado....reformulando o cálculo das pensões....com efeitos retroactivos...

......o que acaba em corte de 10% em média....


...pois já há quem lhe chame imposto extraordinário...!!!!!!

..tudo para ir preparando a justificação para a a sua aplicação...

Isto é mesmo extraordinário..!!!...

....Chamar vinho ...à água.....e a malta vai comendo...

10:18 PM  

Postar um comentário

<< Home