sábado, janeiro 08, 2011

Democracias em declínio


O descontentamento dos cidadãos generaliza-se na Europa debilitando não apenas o vínculo entre os eleitores e os partidos, a população e os governos senão, algo de muito maior dimensão, corroendo de maneira ainda imprecisa mas colocando em causa a própria legitimidade do sistema democrático. Para além dos clássicos incumprimentos das promessas eleitorais logo que os políticos chegam ao poder e da corrupção desenfreada, constata-se com algum desespero que os parlamentos e os governos, em vez de responderem aos anseios dos eleitores se converteram abertamente em gestores diligentes dos interesses de banqueiros e especuladores.

A crise económica não está a ser atacada com uma revisão profunda do modelo vigente senão com medidas que na prática mantêm o mecanismo especulativo que a desencadeou, pressagiando que muito em breve o fenómeno irá repetir-se. Se até agora a reserva material que acumulam as classes laboriosas no Velho Continente permitiu fazer frente à crise sem quebras dramáticos da ordem pública, a decisão de transferir os custos do descalabro às classes assalariadas e a grandes sectores de pequenos empresários começa a minar a economia familiar em geral e se incrementa a população condenada a situações de emergência por desemprego, encerramento de pequenos negócios e baixas sensíveis nos rendimentos; a marginalização começa a ser um fenómeno preocupante e os surtos da violência são cada dia maiores. Na verdade, afectando a maioria da população, as actuais políticas põem em risco o estado de bem-estar que desde o termo da Segunda Guerra Mundial deu à população europeia uma elevada qualidade de vida mediante um sistema de segurança (educação, saúde, emprego, pensões, ajudas sociais, etc.). Este desmantelamento paulatino, acelerado pela crise, é um processo que conduz à “americanização da Europa”, quer dizer, ao predomínio de um modelo de capitalismo selvagem que converte a vida quotidiana numa competição feroz de todos contra todos.

Se na hora de tomar decisões um grupo de banqueiros tem mais poder que milhões de votantes, se um fundo de pensões de Nova York ou Londres decide mais que um parlamento nacional, se as multinacionais se impõem sem dificuldade a presidentes e ministros, e se os governos dos países mais poderosos (como comprovam as divulgações de WikiLeaks) intervêm grosseiramente nos assunto internos de países parceiros, e se estas verdadeiras máfias de colarinho branco acabam por impor o seu critério sobre as autoridades locais (no geral seus cúmplices), o vulgar cidadão tem então sobrados motivos para duvidar da validade do sistema democrático e meditar sobre a real utilidade que tem em dar o seu apoio eleitoral a quem apenas decide o que é de menos importante.
Se a política como pratica essencial da participação de cidadania terminou e tudo se decide nos conciliábulos sinistros das grandes finanças, ¿ para que serve então a democracia? O enorme perigo é, como ocorreu antes, que em lugar de uma resposta de progresso se imponha de novo alguma forma de fascismo. O risco, nada negligenciável, será que poderá de novo regressar a barbárie.

Marcadores:

8 Comments:

Blogger O cozinheiro solitário said...

Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes posts bem feitos, quase que desenhados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. O meu dilema agora é cozinhar… A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
Cumprimentos a todos!

http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

11:35 PM  
Blogger O Guardião said...

A Europa está em retrocesso, económico e civilizacional, importando modelos neoliberais que estão a destruir a Europa social e dos cidadãos. Caminhando nesta direcção a desagregação é inevitável.
Cumps

12:32 PM  
Anonymous Anônimo said...

Estamos perdidos ...

.....e entre um...e outro...que venha o outro...ao menos ficamos na expectativa ....que este...já nós sabemos que é uma m...

Abração...

7:25 PM  
Anonymous Anônimo said...

Porque raio é que eu hei-de pensar que vivo em democracia quando ...quem manda são os políticos do outro Mundo...os fundos e offshores lá do outro lado... os corruptos da banda de cá...

...só porque um dia pela manhã lá vou eu todo armado ....convencido de que o meu voto vale de alguma coisa..??!

..ora adeus que vou mas é ao cine...mas antes está-me a apetecer algo...talvez uma dieta mediterrânica...no Donald...

7:32 PM  
Anonymous Anônimo said...

...por falar em crise...e coisas dessas...ainda há dias numa repotagem TV...uma mulher dizia que no tempo dela...uma sardinha era dividida por três ( em geral irmãos...)

grandes tempos esses...em que havia sardinha....??!!

7:35 PM  
Anonymous Anônimo said...

A UE acabou-nos com o trigo...com a sardinha e carapau...com o milho....com o azeite...com o chouriço e presunto de salgadeira...deixa algum vinho ...( em quintas da moda....e algum recreio )...e depois quer que a malta tenha o orçamento em ordem...

isto é que é apertar a goela ao Povo com classe e ....em nome da democracia ...dos direitos...da liberdade e bem estar das populações...

Ora toma que já almoçaste....

7:43 PM  
Anonymous Anônimo said...

Agora ...por causa da crise...que eu pensava trocar o meu carrito ( um Clio..com quinze anos... já amolgado e pneus lisos...) por um Maserati...(não sei porquê mas sempre gostei destes carros...)...é que acabaram com o subsídio ao abate de viaturas velhas..

É preciso ter azar ...na vida...!!?

Por estas e por outras é que eu não concordo nada com este Orçamento!!!???

7:48 PM  
Anonymous Anônimo said...

Mas caro Blogger...nada de alarmismos....nem há que desanimar.... porque a Dr.ª Merkel disse preto no branco que o nosso PM lhe garantiu que se necessário tomará mais medidas....

Ai credo...que desta é que ficamos mesmo magrinhos de todo...

11:20 PM  

Postar um comentário

<< Home