quinta-feira, novembro 21, 2013

Perder a paciência

A Troika portuguesa, Passos, Portas e Cavaco, devem pensar que o povo português é estupido e que podem impunemente continuar a enganá-lo. E que as famílias, os cidadãos, vão acatar docemente a miséria que lhes querem impor. Estão enganados se assim pensam.
Não são só as greves que se multiplicam por todo o lado e que alastram a todos os sectores de actividade que deveriam fazer pensar muito seriamente a nossa miserável Troika. O grito de inconformismo dado hoje por Mário Soares e muitos outros verdadeiros democratas e verdadeiros sociais-democratas deveria igualmente merecer muita atenção.
Mas, o que eles verdadeiramente devem temer é o mal-estar das forças de segurança, hoje bem expressa na manifestação que consegue agregar todos os ramos das forças de segurança.
Os portugueses não irão permitir, que a Troika portuguesa “refunde o estado”, isto é, altere o regime institucional que vigora desde o 25 de Abril de 1974, sob que pretexto for. Que destrua o estado social, a protecção social das famílias mais carenciadas, a Escola pública, a Saúde pública, conquistas dos portugueses com o 25 de Abril.
Os cortes, propostos em orçamento para 2014, nas funções sociais do Estado, tendo como principais vitimas, os sectores da Educação, da Saúde e da Protecção Social, é o meio ardiloso que o governo engendrou para aniquilar de modo rápido e eficaz o que resta do estado social, depois de todos os cortes que nele têm sido infligidos ao longo destes dois anos e meio. Aproveita ardilosamente a crise que o país atravessa, que ele próprio intencionalmente vem agravando, para forçar e tornar aceitável perante os portugueses, o “inevitável” corte de 4.500 milhões de euros.
Os portugueses não são parvos e já perceberam a marosca. Demitam-se enquanto é tempo. Sigam o conselho de Mário Soares ou então arrisquem e cuidem-se, porque o povo português está a perder a paciência (1) para vos aturar.
(1) Ora acontece que Miguel de Vasconcelos, quando se apercebeu que não podia fugir, escondeu-se num armário e fechou-se lá dentro, com uma arma. O que finalmente o denunciou foi o tamanho do armário. O fugitivo, ao tentar mudar de posição, remexeu-se lá dentro, o que provocou uma restolhada de papéis. Foi quanto bastou para os conspiradores rebentarem a porta e o crivarem de balas. Depois atiraram-no pela janela fora. O corpo caiu no meio de uma multidão enfurecida que largou sobre ele todo o seu ódio, cometendo verdadeiras atrocidades, sendo deixado no local da queda para ser lambido pelos cães, símbolo da mais pura profanação (Wikipedia)

7 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Para mim que sou um analfabeto em português fiquei sem compreender se o tal de M. Soares é que é o tal de miguel de vasconcelos ou se M. Soares quer arranjar um tal de miguel de vasconcelos para atirar o M. soares pela janela. pode explicar melhor?

7:58 PM  
Blogger Carlos Sério said...

O povo, a seu tempo, saberá quem "atirar pela janela". Confie no Povo, caro anónimo.

11:05 AM  
Anonymous Anônimo said...

O mal do Vasconcelos foi ter comichão quando devia estar sossegado...!!!

É sempre assim...paciência...no tempo da História...nem conta... !!!

6:12 PM  
Anonymous Anônimo said...

É como.... imagine um qualquer grandalhão ...mesmo que por ex.º seja vice ....dum qualquer Partido...só porque o é ...mas que na verdade tem uma voz esganiçada e provocadora..mesmo rodeada de pêlo....e atitude ....de bairro de segunda categoria....acha que pode ir à TV ...à frente de todos os Portugueses...???

Ora ...há tipos que só estariam bem era em casa...sòzinhos...!!!

6:24 PM  
Anonymous Anônimo said...

Ouvi há pouco o dirigente da UGT sobre reforma do estado e...olhe...!!! fique surpreendido porque eu até pensava que a dita já não existia...

6:32 PM  
Blogger mensagensnanett said...

-> Não sejas infantil na sociedade; leia-se: não fiques à espera de «políticos-faz-tudo»… que depois insultas quando a 'coisa' corre mal…
.
-> POSICIONA-TE DE FORMA DIFERENTE NA SOCIEDADE; leia-se: reivindica «políticos gestores públicos» que farão uma gestão transparente para/perante cidadãos atentos... leia-se, “DEMOCRACIA SEMI-DIRECTA” - O Direito ao Veto de quem paga [ver blog 'fim-da-cidadania-infantil'].

12:23 AM  
Blogger dada24 Xu said...

oakley vault outlet
pandora jewelry outlet
canada goose outlet
jordan retro
north face uk
ralph lauren outlet online
canada goose jackets
ugg outlet
michael kors outlet online
michael kors outlet clearance
zhi20170111

1:18 AM  

Postar um comentário

<< Home